quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O pecado imperdoável Mt..12:31 e 32



O pecado imperdoável Mt..12:31 e 32



Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o espírito não será perdoada. Se alguém proferir alguma palavra contra o Filho do homem ser-lhe-á isso perdoado; mas se alguém falar contra o espírito de YAH, não lhe será isso perdoado, nem neste mundo nem no porvir.” - Mateus 12:31 e 32.

A blasfemia e a sua relação com o costume de apredejar nos tempos antigos!
Desde o cativeiro babilonico até o periodo em que o Messias veio ao mundo O NOME do criador ficou oculto ou seja impronunciavél, atualmente O NOME sobre todos os nomes nos foi novamente revelado, alguns recebem-o com temor, respeito, reverencia, curiosidade e alguns nem mesmo dão a minima importancia a esse facto tão importante.
mas como será que foi que o povo recebeu essa noticia na época do Messias e dos discipulos?
Quando Pedro se dirigiu à multidão em Atos 2, em seu discurso ele citou (Joel 2.32) ... e acontecerá que todo aquele que invocar O NOME de YAH será salvo.... Hoje, pouco antes do fim do "tempo dos gentios", o mundo está sendo virado de cabeça para baixo mais uma vez pelo crescente conhecimento DO NOME, algo que ficou oculto durante séculos pelos mercadores religiosos.
E assim como nos dias atuais naquela época o povo também havia se esquecido dO NOME do Criador
Atualmente muitas pessoas criticam aqueles que usam o verdadeiro nome do Criador, mas esses que criticam os que usam O NOME deveriam meditas nas palavras do messiyah em sua oração em João 17, onde Ele disse que havia revelado O NOME ..., ..manifestei o TEU NOME aos homens que me deste do mundo....Eram teus.. Tu mos confiastes e eles tem guardado a tua palavra.
lembre-se que O NOME DO CRIADOR não pode ser substituido por titulos ou termos como ...SENHOR, Deus, Senhor, hashem, Adonai, Elohim , muitas das vezes percebemos que esses termos estão sendos usados como substitutos tradicionais para O NOME, uma situação lamentável, considerando João 17

Mas a questão apontada aqui é a seguinte: no momento em que nosso Salvador veio ao mundo, o NOME DO PAI ainda estava oculto e qualquer que clamasse O NOME DO PAI em voz alta podia ser apedrejado até a morte; simplesmente pelo fato de estar pronunciando o nome sagrado.
Yahoshua disse claramente que ele havia revelado O NOME a aqueles os quais o Pai os deu deste mundo e ele orou para que eles permancessem unanimes (unidos em seu NOME)?
YAHoshua também criticou os fariseus porque eles retinham a "Chave do Conhecimento" (Lucas 11:52), e o que eles retinham eram O NOME!... aí de vós interpretes da lei! porque tomastes a chave do conhecimento, contudo vós mesmos não entrastes e impedistes os que estavam entrando!
Por que é que os Fariseus sempre desejavam apedrejar Yahoshua?
Porque Ele pronunciava e ensinava O NOME. Em Lucas 19:38, a multidão clamava um versículo do Salmo 118:26, aonde continha O NOME ....bendito é o Rei que vem em nome de YAH..., e imediatamente os fariseus disseram para Yahoshua repreendê-los . Isto porque eles estavam usando O NOME. ..v.39 ora, alguns dos Fariseus lhe disseram em meio a multidão: Mestre, repreende os teus discipulos!
Por que é que os discípulos foram chamados a comparecer perante o Sinédrio?
R.: porque eles pronunciaram O NOME!
Por que é que estevão foi apedrejado (Atos 7)?
R.: porque ele pronunciou O NOME, imediatamente eles taparam seus ouvidos e o apedrejaram... e apedrejaram Estevão que invocava (O NOME ) e dizia:Yahoshua recebe o meu espirito..60 então ajoelhando-se clamou em alta voz: Mestre não lhe imputes este pecado. (Qual o pecado que está sendo aqui relacionado? blasfémia!
O próprio Yahoshua também foi condenado porque Ele pronunciou O NOME diante do Sinédrio, o que fez com que o Sumo Sacerdote rasgasse suas vestes, dizendo: "Ele pronunciou blasfêmia!
" Blasfêmia envolve apenas uma coisa": O NOME!.
Shaul (Paulo) era conhecido como um "líder" da seita dos Natsarim como vemos em Atos 24:5.
Por que é que Paulo estava a caminho de Damasco para prender os nazarenos? Para levá-los de volta para o Sinédrio para ver se novamente eles iam pronunciar O NOME e desta forma seriam condenados à morte.
Por que é que os Manuscritos foram enterrados em jarros dentro das cavernas do Mar Morto? Esses rolos foram tratados com respeito e enterrados em vasos ao invez de serem queimados porque nesses escritos continha O NOME!. O livro de "Esther" não SE ENCONTRA entre eles, porque neste livro não há menção dO NOME em lugar algum do texto .
Mesmo em Atos 2, Pedro citou Joel 2:32, enfatizando a importância de invocar O NOME . .. porque todo aquele que invocar O NOME de YAH será salvo!
Ó YAH, força minha e fortaleza minha e refúgio meu no dia da angustia, a ti virão as nações desde os fins da terra e dirão: Nossos pais herdaram só mentiras e coisas vãs em que não há proveito. 20 Acaso fará o homem para si deuses? 21 portanto eis que lhes farei conhecer desta vez les farei conhecer a minha força e saberão que MEU NOME é YAH! - Yirme Yahu (Jeremias) 16.19-21.

Em Romanos 10:14, depois de citar Joel 2:32, Paulo pergunta: "Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar?" "HALLELU-YAH" significa "louve a Yah". monges e tradutores esterilizaram as Escrituras, removendo O NOME dos textos, mas quando voce observa Atos 7 e o apedrejamento de Estêvão,voce percebe que a principal controvérsia no chamado " Novo Testamento", parece ser a questão dO NOME, e o anúncio do Reino de YAH.
Apocalipse 7 e 14 nos mostram que haverá um "selo" ou seja um sinal na testa (mentes) dos 144.000 e este é O NOME do Pai e do Messiyah.
A expresão Tomar o Seu Nome "em vão" significa : “Não tomarás (não terás nos lábios, Sl.50:16) o nome de YAH, em vão (sem uma boa razão).” O salmista resolveu: “Os meus lábios não pronunciarão” (o nome de outros deuses, nem qualquer outra palavra que possa ferir a santidade(separado) inviolável de YAH, Sl.16:4; 19:14).
I) O nome de YAH é profanado (blasfemado) através do uso de titulos pagãos indevidos e que estão relacionados a falsos deuses *ex. el, elohim (pl.deuses), baal, senhor, deus, ha shem, adonai etc


Paulo tinha nazarenos (Natsarim) que foram mortos por pronunciar o NOME DO CRIADOR!
OS Yahudim estavam esperando a vinda do Mashiach , mas Yahoshua nada revelou a eles quem ele era, ele ocultou a eles esse segredo por algum tempo!. A única coisa que Ele fez que causou que os doutores da lei e sacerdotes pegassem em pedras para matá-lo foi o que eles chamavam de "blasfêmia",( pois para os fariseus (doutores da lei) era contra a Lei pronunciar o nome de YAH e a pena era a morte). Este fato geralmente não é mencionado pelo sistema religioso ou seja pelos comerciantes religiosos porque desta forma o povo ia começar a procurar pela verdade e a chave do conhecimento seria generalizada.
O Nome de Yahoshua contém o Nome do Pai, e dessa forma seu nome também era um problema para eles. O nome "Yeshua" significa salvação, e era um nome bastante comum na época. No entanto, "Yahoshua" significa Yah é a nossa salvação, e o Nome "Yahoshua" continha o nome de YAH, e era claramente ouvido por todos.

Paulo explica como ele lutou contra aqueles que se encontravam nas sinagogas e que proclamavam a Yahoshua. Em Atos 26:9-11, Paulo explica ao rei Agripa:

"Bem tinha eu imaginado que contra o NOME de Yahoshua o Nazareno devia eu praticar muitos atos;

O que também fiz em Jerusalém. E, havendo recebido autorização dos principais dos sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e quando os matavam eu dava o meu voto contra eles.

E, castigando-os muitas vezes por todas as sinagogas, os obriguei a BLASFEMAR. E, enfurecido demasiadamente contra eles, até nas cidades estranhas os persegui.
Atos 26:9-11
". Eles não estavam sendo mortos ou perseguidos por nenhuma outra razão a não ser a de que estavam indo contra a lei que proibia a pronuncia dO NOME.
Após "Shaul" descer pelo caminho para Damasco e encontrar a Yahushua ressuscitado, ele começou a pronunciar O NOME, ele agora praticava o mesmo ato que muitos foram mortos por fazer *ANUNCIAR O NOME!

Este não é apenas um probleminha, mas é de fato o problema central o qual toda a Brit Chadasha nos chama a atenção.
O nome "Shaul" e sua reputação estava sendo aterrorizante para os nazarenos, e creio que dá para entender bem o porquê. Por algum tempo, os nazarenos ainda estavam com medo e desconfiados de Shaul: "Não é este o que em Yahrushalayim assolava os que invocam esse NOME?, E que tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam esse NOME.

Disse-lhe, porém, YAHoshua: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o MEU NOME diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel.

E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo MEU NOME.
Atos 9:14-16

Sim, pronunciar O NOME era realmente uma grande desafio para os seguidores fiéis não somente naqueles dias mas ainda hoje também! . Shaul foi preso pelo Yahudim da Acaia, e eles tanto queriam vê-lo morto que às pressas o conduziram a Gálio o procônsul romano. Gallio, sem sombra de dúvida um pagão, deve ter pensado que eles eram loucos quando ouviu a razão pela qual eles estavam tão furiosos desejando a sua morte, e ele disse:

"E, querendo Paulo abrir a boca, disse Gálio aos israelitas: Se houvesse, ó israelitas, algum agravo ou crime enorme, com razão vos sofreria,

Mas, se a questão é de palavras, E DE NOMES, e da lei que entre vós há, vede-o vós mesmos; porque eu não quero ser juiz dessas coisas.
Atos 18:14-15
Paulo teve que ficar trancado para sua propria proteção . Ele afirma que foi apedrejado em várias ocasiões por pronunciar O NOME.
Os homens fizeram juramento de que Paulo seria morto antes mesmo deles provarem uma nova refeição. Paulo teve que se esconder e fugir da cidade em uma cesta. Quantos cristãos realmente sabem por que Paulo foi preso? Agora, você sabe. isso mesmo porcausa do NOME, Acredite ou não!
A vida de Paulo e muitos outros nazarenos foram ceifadas pelo fato de pronunciarem O NOME, e ainda hoje nós seguidores de YAH e Yahoshua somos reputados vários vezes pelo mesmo fato! pronunciar O NOME!
Yahushua revelou O NOME a eles, e a nós também. Torre forte é o nome de YAH; a ela correrá o justo, e estará em alto refúgio.
Provérbios 18:10
conclusão: se voce leu todo o texto deve ter percebido que para os religiosos da época do messias , era considerado blásfemia pronunciar O NOME DO CRIADOR, mas se voce ler atentamente as escrituras vai perceber que blasfémia contra YAH é quando não pronunciamos seu NOME ou simplesmente substituimos seu NOME por qualquer outro nome, termo ou titulo e as escrituras revelam claramente que não há perdão para este tipo de pecado!
Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o espírito não será perdoada. Se alguém proferir alguma palavra contra o Filho do homem ser-lhe-á isso perdoado; mas se alguém falar contra o espírito de YAH, não lhe será isso perdoado, nem neste mundo nem no porvir.” - Mateus 12:31 e 32.
permaneçamos pois NELE! YAH É O SEU NOME salmos 68.4



Contos dos Patriarcas





Evangelhos Apócrifos

Contos dos Patriarcas





Paráfrase
Frag.1 Col. 1
Tu deverias deixar sua raiva e suas lágrimas (?)... e quem é o homem que... a fúria de sua raiva... e esses que foram destruídos e mortos, roubados e... e   agora eu detive os prisioneiros... o Grande Santo... tudo aquilo que ele...
Frag.1 Col 2:
dia de... tudo... terra de... e o mal para...
Frag. 2
...e eles foram batidos por detrás... em frente ao senhor
Col. 1
...e com o semear... nem mesmo o mistério de mal que... o mistério que
Col. 2.[1]
Eu pensei, em meu coração, que a concepção era o trabalho dos que Guardam a gravidez do Único Santo e que pertenceu aos Gigantes [2]... e meu coração estava perturbado por isto... Eu, Lamech, virei-me para minha esposa Bitenosh e disse... Me jure pelo Deus Altíssimo, Grande Senhor, Rei do Universo [3] ...os filhos dos céus, para que tu me contes verdadeiramente tudo, se... Tu me falarás sem mentiras... Então Bitenosh, minha esposa falou severamente e chorou... e disse: Oh meu irmão e senhor' Lembre-se de meu prazer... o tempo de amor, ofegante (?). Eu lhe contarei verdadeiramente tudo... e então meu coração começou a doer... Quando Bitenosh percebeu que meu humor tinha mudado... Então ela reteve sua raiva e disse-me: Oh meu senhor e irmão! Lembre-se de meu prazer. Eu juro-te pelo Grande Santo, o Rei do céus... Que esta semente, gravidez, e plantação de frutas vem de ti e não de um estranho.. Guarda, ou filho do céu... Por que sua expressão mudou e seu espírito se entristeceu... Eu falo honestamente contigo... Então eu, Lamech, fui para meu pai.. Matusalém, e lhe contei tudo de forma que ele soubesse a verdade porque lhe gostam bem... e ele é bem com o Único Santo e            eles compartilham tudo com ele. Matusalém foi a Enoque para descobrir a verdade... ele. E ele foi para Parvaim onde Enoque vivia... Ele disse-lhe. Oh meu pai e senhor, a quem eu... Eu lhe falo! Não se ire porque eu vim aqui a ti... temo diante de ti...
Col 3
Porque nos dias de Jared, meu pai... [4]
Col 5
Enoque... não dos filhos do céu, mas de Lamech seu filho... Eu lhe falo agora... e eu revelo a ti... Vá contar a seu filho Lamech... Quando Matusalém ouviu isto... E com o seu filho Lamech, falou... Agora quando eu, Lamech, ouvi estas coisas... O qual ele saiu de mim
Col 6 [5]
Eu me privei de injustiça e no útero de minha mãe que me concebeu eu procurei verdade. Quando eu emergi do útero de minha mãe, eu vivi todos meus dias em verdade e andei no caminho de verdade eterna. E o Único Santo estava comigo... na verdade de meus caminhos passei a me advertir de... da mentira que conduz à escuridão... Eu suportei meus lombos com a visão de verdade e da sabedoria... caminhos de violência. Então, eu Noé me tornei um homem que agarrado à verdade e preso... Eu tomei Amzara, sua filha como minha esposa. Ela concebeu e me nasceram três filhos e filhas. Eu levei as esposas da família de meu irmão para meus filhos, e eu dei minhas filhas a meus sobrinhos de acordo com a lei do preceito eterno que o Altíssimo ordenou aos filhos dos homens. E em meus dias, quando de acordo com meu cálculo... tinham sido completados dez jubileus, o tempo veio para meus filhos levarem as esposas para si... céu, eu vi em uma visão e me foi explicado e feito conhecidas as ações dos filhos do céu e... os céus. Então eu ocultei este mistério em meu coração e não o expliquei a ninguém. ...para mim e um grande e... e em uma mensagem do Santo... e ele falou comigo em uma visão e ele se levantou antes de mim... e a mensagem do Grande Santo convocou-me: "A ti dizem eles, Oh Noé,..." e eu considerei toda a conduta dos filhos da terra. Eu soube e expliquei tudo... duas semanas. Então o sangue que os Gigantes tinham derramado... Eu estava à vontade e esperei até... o santo com as filhas do homem... eu Noé, achei graça, grandeza e por minha vida inteira eu me comportei justamente... eu, Noé, um homem...
Col. 7
Deus falou para Noé que ele regeria sobre a terra e os mares e tudo que eles cercam. Noé estava jubiloso com a idéia.
Col. 10
A arca descansou sobre o monte Ararat (Hurarat). Noé expiou pela terra e queimou incenso no altar [6].
Col. 11
Deus faz um pacto com Noé dizendo-lhe que ele não poderia mais comer sangue de qualquer espécie.
Col. 12
Eu coloquei meu arco na nuvem e ele se tornou um sinal para mim na nuvem... a terra... foi revelada para mim nas montanhas [7]... um vinhedo nas montanhas de Ararat...
Depois da inundação Noé e os seus filhos desceram da montanha. Eles viram a devastação difundida na terra. Depois da inundação os filhos de Noé começaram a ter netas [8]. Eles então plantaram na terra e puseram um vinhedo no Monte Lubar que produziu vinho depois de quatro anos: No primeiro dia do quinto ano, havia um banquete no qual o primeiro vinho era bebido. Noé reuniu sua família e eles foram ao altar e agradeceram a deus por tê-los salvo da destruição da inundação.
Col 13[9]
...Eles eram ouro cortante, prata, pedras, e barro e tomaram alguns para si. Eu vi o ouro e prata... ferro, e eles cortaram todas as árvores e levaram algumas. Eu vi o sol, a lua, e as estrelas cortando e levando algumas para si... Eu virei para ver a oliveira e eis que estava se levantando e durante muitas horas... muitas folhas... apareceram nela. Eu vi a oliveira e a abundância de suas folhas... eles se amarraram a ela. Eu estava pasmado pela árvore e suas folhas... os quatro ventos do céu estavam soprando fortemente e eles estavam rompendo e estavam esmagando os ramos da oliveira. O vento ocidental bateu primeiro, derrubando seu fruto e folhas e os espalhando em todos os lugares. Então...
Col 14
...Escute e ouça! Tu és o grande cedro... se levantando diante de ti em um sonho nos topos monteses... verdade. O salgueiro que pula e sobe alto (estes são) três filhos... E o que tu viste, o primeiro salgueiro foi preso ao toco do cedro... e madeira dele... nunca separará de ti. E entre este a posteridade... será chamada... cultivará uma planta maravilhosa.. sempre estará de pé. E o que viste, o salgueiro pegou o toco.. o último salgueiro... parte do seu ramo entrou [10] o ramo da primeira árvore, dois filhos... E o que tu viste, aquela parte do seu ramo entrou no ramo da primeira árvore... Eu expliquei-lhe o mistério...
Col 15
...E tu viste todos eles.. Eles passarão, a maioria dele será má. E isso que tu viste, que um homem veio o sul, com um foice em sua mão, e trazendo fogo com ele... que virá do sul da terra... E eles porão maldade no fogo, um;... E ele deveria vir entre... Quatro anjos... entre todas as nações. E eles vão a toda adoração e sejam confundidos... Eu explicarei honestamente a ti. E eu, Noé acordei de meu sono e o Sol [11].
Col. 16
Noé dividiu a terra entre os seus descendentes... toda a terra do norte até onde... este limite, as águas do Mediterrâneo... o Rio Tina.
Col. 17
Noé dividiu o Oeste da terra, para Asshur, mais adiante até o Tigre. Ele deu a terra de Aram até onde a fonte de.. esta Montanha do Touro, e ele, a cruzou para o oeste até onde.... onde as três partes se encontraram.... Para Arpachshad [12]... Ele deu Gomer [13] uma parte no nordeste do rio Tina... Para Magog [14]...
Col. 19
Eu, Abraão construí e (elevei um) altar (em Betel) e invoquei a deus, orando a ele. Eu fui então para a montanha Santa e para Hebron [15] onde ele viveu durante dois anos. Porque havia escassez na terra de minha família e viajei para o Egito onde o grão era abundante. Eu fui para o outro lado dos ramos do Nilo [16] para entrar no Egito, a terra dos filhos de Cam. Eu tive um sonho sobre uma árvore de cedro e uma palmeira. Quando as pessoas vieram cortar a árvore de cedro, a palmeira contestou, dizendo que eles eram crescidos de uma única raiz. A árvore de cedro foi poupada. Eu fiquei com receio do sonho e contei-lhe à minha esposa. Eu o expliquei como pertenceu a nós contando à Sara que os homens virão à ela e tentarão me matar. Eu a adverti que ela deve contar a todos que eu sou seu irmão para que minha vida possa ser poupada. Ela ficou assustada e não quis ir para Zoan por medo de ser vista. Cinco anos mais tarde [17], conselheiros da corte egípcia e do Faraó de Zoan [18] vieram, depois de terem ouvido as palavras de minha esposa. Eles trouxeram presentes e pediram conhecimento de mim. Eu li a eles do Livro das palavras de Enoque.
Col. 20[19]
Os homens voltam ao Faraó e descrevem as características de Sara: face bonita, cabelo flexível, olhos adoráveis, nariz agradável, rosto radiante [20]. Ele continuou a descrever seus seios bem formados, mãos perfeitas, e tudo mais até seus dedos longos e delicados. Os homens a compararam e a mediram como mais elevada que as virgens e pássaros, e todas as outras mulheres semelhantes. Ouvindo isto, e vendo a Sara, então o Faraó a quis e a levaram para ser sua esposa. Sara me salvou contando ao Faraó que eu era o seu irmão e aquela noite eu e meu sobrinho Ló choramos juntos e rezamos a Deus por justiça [21]. Eu quis que o Senhor se levantasse contra o Faraó e protegesse a Sara. Deus me ouviu e enviou um espírito mau à toda a casa para que impedisse ao Faraó de ter relações sexuais com Sara durante os dois anos que eles estiveram juntos. Ao término dos dois anos, as pestilências e aflições eram tão grandes que os mágicos e curandeiros foram chamados. Eles eram, natural-mente, ineficazes, e todos logo desistiram. Hyrcanos vieram a mim rogando ajuda contra a pestilência porque eu tinha sido visto em um sonho. Eu concordei em ajudar apenas quando minha esposa Sara fosse devolvida a mim. O Faraó ouviu isto e me confrontou, ele perguntou por que eu menti, dizendo que Sara era minha irmã. Ele concordou em devolver Sara e eu exorcizei o espírito mau da casa do Faraó. O Faraó me jurou que não tinha tocado Sara enquanto eles estavam juntos e deu seus presentes de ouro, prata, linho, e roupas púrpura. Sara e eu fomos conduzidos então para fora do Egito. Eu, Sara, Ló e a sua esposa levamos nossos rebanhos e o ouro e a prata que eu recebi [22] e viajamos juntos.
Col. 21
Eu fui para todas as minhas antigas áreas de acampa-mento até que alcancei Betel, o lugar onde eu construí uma vez um altar, e então eu construí outro e ofereci ofertas queimadas e ofertas de cereal ao Deus Altíssimo, e ali invoquei o nome do Senhor do Universo. Eu louvei o nome de Deus e o bendisse e dei graças ali a Ele por todos os rebanhos e bens e riqueza que ele me deu, pelo bem que ele fez a mim, e porque Ele tinha me devolvido seguramente a esta terra.
Depois deste dia, Ló me deixou por causa do comportamento de nossos pastores. Ele foi morar no Vale do Jordão e levou todos os seus rebanhos consigo. E eu também acrescentei grandemente ao que ele tinha. Ele pastoreou o seu rebanho e continuou movendo até que alcançou Sodoma [23] e comprou uma casa ali, enquanto eu ainda vivia na montanha de Betel. Me aborreci com nossa separação.
Deus veio a mim em um sonho e me disse: Suba a Ramat Hazor [24] que está a norte de Betel, o lugar que estás vivendo agora, e olha ao leste, oeste, sul e para o norte. Olhe para a terra que eu estou te dando a ti e a teus descendentes. Na manhã seguinte subi a Ramat Hazor e olhei para a terra daquela altura, do rio do Egito até o Líbano e Senir [25], e do Grande Mar até Hauran [26], e toda a terra de Gebel [27] à Qadesh[28], e todo o Grande Deserto [29], até o Eufrates e ele me disse: Eu darei toda essa terra para teus descendentes; e eles a herdarão para sempre. Eu multiplicarei teus descendentes como o pó da terra ao qual ninguém pode contar. Seus descendentes serão inúmeros. Levante-se, caminhe ao redor, vá "ver quanto tempo e quão amplo é, porque eu dar-te-ei a ti e a teus descendentes depois de ti, para sempre.
Então eu, Abraão, saí para viajar em um circuito para inspecionar a terra. Eu comecei o circuito no rio Gihion [30], eu fui ao longo do Mar Mediterrâneo até que eu alcancei a Montanha do Touro [31], eu circulei da costa deste grande mar de água salgada de rio, margeando a Montanha do Touro, e continuou para o leste pela sua amplitude até que cheguei ao rio de Eufrates. Eu viajei ao longo do Eufrates até que eu cheguei ao mar vermelho no leste, de onde eu segui a costa do Mar Vermelho até que eu cheguei a um ramo deste [32], sobressaindo do Mar Vermelho. De lá eu completei o circuito, movendo-me para o sul até chegar ao Rio de Gihon. Então eu voltei para casa em segurança e descobri que tudo estava bem com meus homens. Então eu fui e me estabeleci próximo aos carvalhos de Mamre [33] que está a nordeste de Hebron. Lá eu construí um altar e ofereci ofertas queimadas e uma oferta de cereais ao Deus Altíssimo. Ali comi e bebi, eu e todos os homens de minha casa, e convidei a Mamre, Arnem, e Eshkol, três irmãos Amoritas e meus amigos. Eles comeram e beberam junto comigo. Antes dos dias de Chedorlaomer, o rei de Elam, Amraphel, o rei de Babilônia, Arioch, o rei da Capadócia [34], e Tidal o rei de Goiim [35] que está entre os dois rios que vinham. Eles tinham feito guerra contra Bera, o rei de Sodoma, Birsha, o rei de Gomorra, Shinab, o rei de Admah, Shemiabad, o rei de Zeboim, e o rei de Bela. Todos estes formaram uma aliança para batalhar no Vale de Sidim. Agora o rei de Elam, e os reis com ele provaram ser mais forte que o rei de Sodoma e impuseram-lhe tributo. Por mais de doze anos eles continuaram pagando o tributo ao rei de Elam, mas no décimo terceiro eles se rebelaram contra ele. Assim o décimo quarto ano no rei de sairão de Elam com todos os seus aliados, e eles subiram pelo caminho do deserto [36]. Eles golpearam e saquearam a começar pelo Eufrates. Eles continuaram a golpear Rephaim que estava no Asteroth - Kernaim [37], o Zumzammin que era Aman, o Emim [38] que estava em Shaveh — Hakerioth, e o Horites que estava na montanha de Gebal — até que alcançassem El — Paran, no deserto. Eles devolveram... em Hazazontamar [39]. O rei de Sodoma saiu para encontrá-lo, junto com o rei de Gomorra, Admah, Zeboim e o rei de Bela. Eles se ocuparam da batalha no vale de Sidim contra Chedorlaomer, e os aliados que estavam com ele. O rei de Sodoma foi derrotado e pôs-se em fuga enquanto o rei de Gomorra caiu nas covas... O rei Elam saqueou toda a propriedade de Sodoma e de Gomorra e capturaram Ló. Fim